POLITICA

PT busca aproximação com a classe média


A cúpula nacional do Partido dos Trabalhadores se reune neste final de semana (7 e 8/11) em Brasília. Um dos assuntos em pauta é traçar uma estratégia para as eleições presidenciais em 2010, onde o partido terá um desafio extraordinário. Pela primeira vez o petismo irá às urnas sem a presença de seu anfitrião maior, o presidente Lula.

A primeira fase do debate se deu no dia de ontem, e um dos assuntos monopolizou as atenções: O distanciamento do PT em relação à classe média. Foi detectado em setores da classe média um sentimento anti-PT, um obstáculo que terá de ser superado até às eleições de 2010.

Na opinião de alguns intelectuais do partido, predomina a idéia de que o partido reveja o modo como se relaciona com a imprensa e com as legendas de oposição. Diz que o partido precisa reagir às críticas com naturalidade pragmática, e não será dandos as costas a setores médios da sociedade, ou farejando conspirações em setores da mídia, que o partido conseguirá o consenso para um nome alternativo à sucessão de Lula.

Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.