REGIONAL

Denúncias sobre doações irregulares de campanha no TRE, envolvem o nome do ex-deputado Marcelo Sobreira

Tramitam no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) 279 denúncias contra empresas e pessoas físicas que teriam doado dinheiro acima da quantia permitida a candidaturas nas eleições de 2006. O Tribunal já julgou 14 dessas representações apresentadas pelo Ministério Público do Ceará. Dessas, houve condenação em dez dos casos julgados.

Veja abaixo, a lista das empresas e pessoas físicas já condenadas pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) por terem doado valores acima do permitido por lei às candidaturas na eleição de 2006:

Lúcio Teixeira Lira Epp.
Doou dinheiro irregularmente para campanha do delegado Cavalcanti

Francisco Arnaldo Santos Almeida
Doou dinheiro irregularmente para campanha de Carlos Matos

Luiz Abílio Rodrigues do Carmo.
Doou dinheiro irregularmente para campanha de Inácio Arruda

Inter Control – Contabilidade, Auditoria, Consultoria, Assessoria S/S Ltda.
Doou dinheiro irregularmente para campanha de Virgínia Adélia Rodrigues Carvalho

Givaldo Rocha Sisnando.
Doou dinheiro irregularmente para campanha de José Arnon Bezerra

Luiza Neta de Souza ME.
Doou dinheiro irregularmente para campanha de José Nobre Guimarães

JJ O Batista.
Doou dinheiro irregularmente para campanha de José Nobre Guimarães

Fly, Ind e Com. de Confecções Ltda.
Doou dinheiro irregularmente para campanha de José Gerardo Arruda

Netim Automóveis Ltda.

Doou dinheiro irregularmente para campanha de Carlos Cesar de Carvalho

Damião Vieira Bezerra
Doou dinheiro irregularmente para campanha de Marcelo Sobreira


A legislação eleitoral brasileira determina que pessoas físicas podem doar para campanhas eleitorais até 10% de todo o rendimento acumulado no ano anterior à eleição. Já as pessoas jurídicas (empresas) podem doar às campanhas eleitorais até 2% de todo o faturamento bruto do ano anterior ao pleito.

Fonte: Jornal OPOVO

Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.