NACIONAL

Agente carcerária afirma que avô de Isabella Nardoni participou do assassinato da neta

Em matéria veiculada neste domingo (7) pelo Fantástico, da TV Globo, uma agente carcerária que teve contato com Ana Carolina Jatobá na cadeia afirmou que Antonio Nardoni, avô de Isabella Nardoni, morta em 2008 pela madrasta e o pai, Alexandre Nardoni, participou do crime. Ela prestou depoimento ao Ministério Público, que abrirá nova investigação para saber se as acusações feitas são verdadeiras.

De acordo com a testemunha, Ana Carolina Jatobá confirmou ter espancado a enteada ainda no carro, mas negou que a menina tenha sido estrangulada. Segundo ela, o casal achou que a menina estava morta e então contatou ao avô, que teria afirmado para o casal jogar a menina da janela para simular um acidente.

“Eu tenho minha consciência tranquila, nunca faria isso. Quando ela [Jatobá] me ligou, afirmou apenas que a Isabella tinha caído. É uma pena que uma pessoa [agente carcerária] faça esse tipo de acusação”, afirmou Antonio, que é advogado, em entrevista ao Fantástico. Jatobá, por sua vez, não quis falar com a reportagem.

O Ministério Público, agora, irá ouvir os envolvidos e abrir nova investigação. Caso seja comprovada a veracidade das afirmações feitas pela agente, Antonio poderá responder pelo homicídio de Isabella, tal qual o casal. Alexandre Nardoni foi condenado a 31 anos, 1 mês e 10 dias - pelo agravante de ser pai de Isabella - e Anna Carolina Jatobá, a 26 anos e 8 meses, ambos em regime fechado.

Yahoo

Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.