CIDADE

Diocese de Iguatu empossa Comissão de Justiça e Paz

Estimular as comunidades locais a promoverem a justiça social e a paz, segundo a mensagem do Evangelho e a doutrina social da Igreja. Este vai ser o papel da Comissão de Justiça e Paz, formada por onze membros, empossada nesta quinta-feira (11) no auditório do Hotel Diocesano, em Iguatu, pelo frei dom João José Costa.  

A solenidade contou com a presença do bispo emérito de Limoeiro do Norte, Dom Edmilson da Cruz, do promotor de justiça de Crateús, José Arteiro Soares, do promotor Leydomar Nunes, do juiz de direito Ricardo Alexandre da Silva, membros de comunidades religiosas, entre outros. 

O coordenador da Comissão na Diocese de Iguatu será o padre Anastácio Ferreira. “Desenvolvemos um trabalho a mais de cinco anos em parceria com entidades e comunidades religiosas. É uma comissão aberta ao diálogo, à parceria, pois a tarefa é imensa para um grupo pequeno”, explicou.

Dom João Costa disse que há muitos desafios para a comissão da Diocese de Iguatu. “Espero que a CJP possa contribuir para o desenvolvimento integral da pessoa humana como parte da missão da Igreja. As desigualdades sociais, a corrupção, as injustiças e a miséria, são questões que devem ser denunciadas. São desafios que a própria igreja, a partir do Papa, está se colocando”, disse.



Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.