REGIONAL

Eunício Oliveira diz não à CPMF de Camilo

A população do Ceará pode ficar tranquila, enquanto eu for o líder do PMDB no Senado não haverá uma nova CPMF, avisa Eunício Oliveira, líder do partido e do bloco da maioria, ao comentar a proposta para recriar aquele imposto, coordenada pelo petista Camilo Santana, governador eleito do Ceará.

A CPMF é um dos piores impostos que existe, é perverso, pois atinge inclusive a população mais pobre, hoje em dia praticamente todo mundo precisa usar de serviços bancários. Além disso, quando atinge todas as operações financeiras, é inflacionário uma vez que vai parar no custo das empresas e das mercadorias, adverte o Senador.

Para melhorar a situação fiscal dos Estados, Eunício Oliveira defende austeridade e prioridade nos gastos públicos, junto com o controle absoluto do desperdício. Aumentar imposto é a solução mais fácil para o governante, difícil mesmo é cuidar do dinheiro dos trabalhadores, sufocados por tantos impostos, compara o Senador.

Temos é que criar ambiente propício e atrativo para que as empresas continuem investindo e até lancem novos negócios. Isso se faz com infraestrutura e desonerações, como eu fiz no relatório de MP 610, quando retiramos mais de R$ 70 bilhões de impostos da folha salarial das empresas e, depois, com o Supersimples, defende, Eunício Oliveira.


Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.