DESTAQUE

Professores de Juazeiro do Norte decidem entrar em greve por tempo indeterminado

Professores da rede pública de ensino do município de Juazeiro do Norte decidiram entrar em greve a partir da próxima segunda-feira (23). A paralisação, por tempo indeterminado, foi acatada pelos docentes durante assembleia realizada pela categoria na quinta-feira (19).

Cerca de 700 professores participaram da reunião. A paralisação dos docentes é uma resposta ao governo do Município, que conseguiu aprovar, na Câmara de Vereadores, projeto de Lei que reajustou os salários de todas as categorias dos servidores municipais em 6,5%. Os professores exigem que seja aplicado o percentual de 13,01% anunciados em janeiro pelo Ministério da Educação, referentes ao Piso NAcional do Magistério, que ampliou de R$ 1.697,00 para R$ 1.917,78 a referência mínima para o vencimento das carreiras com formação de nível médio.

A presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Juazeiro do Norte, Maria José dos Santos, informou que os professores esperam o cumprimento da aplicação total do reajuste nacional do piso da categoria, em 13,01%, e que qualquer proposta abaixo do reajuste concedido pelo governo federal será rejeitada pela categoria. "O que nos queremos é que a Lei seja cumprida. Os professores deixaram claro durante a assembleia que não acatarão qualquer proposta encaminhada pela Prefeitura, por meio da secretaria de Educação, inferior ao que determinou o Ministério da Educação", garantiu.

Além do professorado municipal, outras categorias também deverão decidir, nas próximas horas, se paralisarão suas atividades por causa da falta de reajuste salarial. Dentre elas, a dos agentes de saúde e de endemias, que cobram a efetivação do pagamento do piso nacional de ambas às categorias, aprovado em junho do ano passado e que, até hoje, não foi aplicado.



Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.