POLITICA

Governo confirma demissão de Cid Gomes


Após uma tumultuada sessão na Câmara, Cid Gomes deixou o Ministério da Educação. Ele saiu do Congresso e foi direto ao Palácio do Planalto comunicar a decisão à presidente Dilma Rousseff. Pouco antes, o presidente da Câmara informou que havia recebido um telefonema do ministro da Casa Civil, Aloizio Mercadante.

— Acabei de receber um comunicado do ministro Mercadante que Cid Gomes está demitido — disse Eduardo Cunha no plenário.

Em nota, a Secretaria de Comunicação Social da Presidência que Cid Gomes entregou à presidente seu pedido de demissão do cargo.

"Ela agradeceu a dedicação dele à frente da pasta", diz a nota oficial.

Cid Gomes enfrentou o plenário da Câmara nesta quarta-feira e repetiu, diante de cerca de 300 parlamentares, que há achacadores entre os deputados, criando assim mais um embate entre o governo e o Congresso.






Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.