REGIONAL

Polícia Federal investiga fraude no Bolsa Família de Lavras da Mangabeira

A Polícia Federal abriu inquérito e está investigando um esquema criminoso no Cadastro Único do Bolsa Família no município de Lavras da Mangabeira. As irregularidades teriam sido praticadas no período de 2008 a 2010. A lista apresenta 251 nomes suspeitos.

Segundo o Ministério Público Federal (MPF) o esquema criminoso teria sido articulado por funcionários públicos, privados e agentes políticos no âmbito do Cadastro Único de Programas Sociais do Município. Em face das irregularidades, o órgão recomendou à Prefeitura a realização de recadastramento dos beneficiários com o objetivo de que os requisitos legais do programa sejam cumpridos.

O procurador da República, Rafael Ribeiro Rayol, autor da recomendação, verificou que as pessoas envolvidas inseriram e fizeram inserir declarações falsas no CadÚnico, omitindo cargos, funções e profissões por elas exercidas, e, principalmente, a real renda mensal.

Na recomendação, o procurador estabelece o prazo de 15 dias para que a Prefeitura e a coordenação do CadÚnico do município manifestem-se e informem as medidas que serão adotadas. A omissão de resposta no prazo estabelecido será considerada como recusa ao cumprimento da recomendação.

Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.