NACIONAL

Ator Elias Gleizer morre aos 81 anos no Rio de Janeiro

O ator Elias Gleizer morreu neste sábado, aos 81 anos. A informação é do canal Globonews. Ele tinha problema renal crônico e estava sendo submetido a sessões diárias de diálise, tendo passado por várias internações desde 2011.

O ator estava internado desde a última quarta-feira (6), após fraturar cinco costelas e perfurar o pulmão durante uma queda de escada rolante. No hospital, Gleizer ainda contraiu uma infecção hospitalar.

A causa da morte, comunicada pelo hospital, foi por conta de complicações que levaram à falência circulatória após uma bronco-pneumonia. Elias não deixou filhos e nunca foi casado. Elias nasceu em 4 de janeiro de 1934, em São Paulo.

Gleizer viveu mais de 50 personagens em novelas, minisséries e especiais. A sua última participação na TV foi na novela "Flor do Caribe", em 2013, escrita por Walter Negrão. Gleizer teve uma participação na reta final da trama como o cigano Manolo, sobrevivente de guerra junto com Samuel (Juca de Oliveira).

Nome verdadeiro

Filho de imigrantes judeus poloneses, de pai sapateiro e mãe dona de casa, Elias -- na verdade -- não é Elias. Para dizer seu nome de batismo, geralmente ele precisa repetir a mesma história de sempre: “Quando estou numa repartição pública, na hora da entrega do documento, eles começam: ‘Pedro de Oliveira, Antonio de Souza, Joaquim Gonçalves...’ Quando percebo uma pausa de dois minutos, falo: ‘Sou eu’. Meu nome é Ilicz. Costumo dizer que houve só três Ilicz no mundo: Ilytch Tchaikovsky, Vladimir Ilyich Lênin e Ilicz Gleizer.”


Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.