REGIONAL

Funcionários da UFC entram de greve a partir de quinta-feira (18)

Foi aprovada na tarde desta segunda-feira (15) a greve dos funcionários da Universidade Federal do Ceará (UFC). A decisão foi tomada em Assemblaia Geral, realizada pelo Sindicato dos Trabalhadores da Universidade Federal do Ceará (Sintufce). Na próxima quinta-feira (18), após as 72h do anuncio da greve, os cerca de 3.600 servidores paralisarão suas atividades por tempo indeterminado. 

A mobilização é nacional, e a negociação junto ao governo está sendo buscada pela Federação de Sindicatos de Trabalhadores Técnico-Administrativos em Instituições de Ensino Superior Públicas do Brasil, desde o dia 28 de maio. Na Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab), em Redenção-CE, a greve se iniciou no último dia 1º de junho.


Reivindicações
De acordo com a Coordenadora Geral do Sintufce, Keila Camelo, os funcionários querem a reposição salarial de 27,3%, considerando as perdas de janeiro de 2011 a julho de 2016; concurso público via Regime Jurídico Único; a revogação da Lei que cria a EBSERH para gerir os Hospitais Universitários das Instituições Federais de Ensino; a construção e ampliação de creches nas Instituições Federais de Ensino, atendendo à demanda da comunidade acadêmica; turnos contínuos com redução da jornada de trabalho para 30 horas, sem ponto eletrônico e sem redução de salário; efetivação do Plano Nacional de Capacitação lançado em 2013; reposicionamento dos aposentados e pensionistas; uma política de combate efetivo ao assédio moral nas Instituições Federais de Ensino e entre outros.


Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.