REGIONAL

Corpo de mulher desaparecida em Aiuaba é encontrado totalmente carbonizado


A Polícia Civil acredita ter chegado ao fim o mistério em torno do desaparecimento de Antônia Lurdielma Pereira de Oliveira, 23, em Aiuaba, no Sertão dos Inhamuns Segundo as investigações, um suspeito confessou ter matado a mulher com três tiros, e que a vítima teve ainda o corpo carbonizado e enterrado em cova rasa. Um casal foi preso suspeito de participação no homicídio. Outros dois homens são investigados.

Antônia Lurdielma estava desaparecida desde o último dia 6, quando foi vista na companhia de José Fernandes de Sousa Oliveira e Antônia Matilde Feitosa Ferreira, ambos residentes no bairro Bela Vista. Eles voltavam de uma festa durante a madrugada e foram vistos na praça da igreja matriz da cidade. Daquele encontro, não houve mais vestígios de onde Lurdielma estaria.

Com o início das investigações acerca do desaparecimento, José Fernandes chegou a prestar depoimento, mas negou saber o paradeiro da mulher. Contudo, foi solicitada a prisão preventiva do homem.

Na última sexta-feira (17), a 14ª Delegacia Regional de Polícia Civil, do município de Tauá, nos sertões dos Inhamuns, comandada pelo Delegado regional Gregório Neto, e pelos Inspetores Michel, Baiano e escrivão Ticiano, com o apoio da Polícia Militar de Aiuaba, comandada pelo Sargento Bandeira, cumpriu o mandado. José Fernandes e Antônia Matilde foram capturados.

Já preso, o homem confessou ter efetuado três disparos contra Antônia Lurdielma, que atingiram a nuca da vítima. Disse ainda ter queimado o corpo da mulher. José Fernandes alegou ter atuado em companhia de outros dois homens, que também são investigados.

Segundo a Polícia, o suspeito disse ter sido obrigado por outra pessoa que teria envolvimento no crime a matar a vítima, não informando o motivo do assassinato.

Na noite de sexta-feira, os policiais foram ao local indicado pelo homem detido onde o crime teria sido cometido. Lá foram encontrados supostos vestígios do corpo da moça, como cabelo e outros objetos, porém os restos mortais ainda não tinham sidos localizados.

Já na manhã deste sábado (18), foram encontrados o que podem ser os ossos da vítima, enterrados em uma cova rasa, a aproximadamente dois quilômetros da cidade, próximo ao bairro Bela Vista.

A Perícia Forense de Tauá foi acionada e realizará exames para determinar se, de fato, o material encontrado pertence a Antônia Lurdielma.

DN Online






Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.