CIDADE

Deputado Agenor Neto volta a cobrar do Estado recursos para a saúde da região Centro Sul


O deputado estadual Agenor Neto (PMDB) voltou a cobrar investimentos e isonomia na distribuição dos recursos da saúde para a região centro sul do Estado. De acordo com o parlamentar, a Prefeitura de Iguatu não tem mais condições de bancar com recursos próprios R$ 700 mil para ajudar no custeio do hospital Regional de Iguatu. "O município de Iguatu paga um conta que não é da sua responsabilidade, e por isso já acumula uma dívida que se acumula em mais de R$ 2 milhões com os Camilianos que administram a unidade de saúde", disse.

O deputado lamentou o fato de o município de Iguatu não ter sido contemplado com o repasse extra de R$ 113 milhões, liberado pelo governo federal, para dar suporte à saúde pública do Estado. "Desse montante de R$ 113 milhões, não destinaram nenhum centavo para melhorar a saúde da região Centro Sul. Mas para Sobral, que já tem até avião para transportar médicos e é totalmente abastecido pelo Governo do Estado, destinaram mais R$ 9 milhões. Será que não era a vez dos hospitais polos receberem um pouco desse dinheiro?", indagou. "Não podemos aceitar calado o que está acontecendo. Somos cearenses e temos os mesmos direitos do povo de Sobral", observou. 

O parlamentar disse que a região centro sul é alvo de discriminação por parte do Estado em relação aos recursos.  “Essas atitudes não trazem benefício nenhum, nem para o governador e nem para a região centro sul”, ressaltou. 

Novo IJF

Na mesma oportunidade, Agenor Neto voltou a criticar a construção de um novo Instituto José Frota (IJF) em Fortaleza, anunciado recentemente pelo Governo do Estado. "Vamos construir um novo IJF para atrair mais gente do interior para a Capital? Não está tendo custeio nem para os hospitais existentes. Vamos pegar esse dinheiro para o novo IJF e vamos investir nos municípios com população abaixo de 30 mil habitantes e nos hospitais polos", frisou.



Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.