REGIONAL

Deputado levanta suspeita de decisão do Contran sobre uso de extintor em carros

“Isso mostra que não vivemos num  país sério, vivemos num país sem dono, onde cada um faz o que quer”.   A declaração partiu do deputado estadual  Ely Aguiar (PSDC), ao ocupar a tribuna da Assembleia Legislativa  do Ceará, na manhã desta sexta-feira (18), para  criticar o Conselho Nacional de Trânsito, diante da recente decisão que acaba a obrigatoriedade do uso de extintores de incêndio nos automóveis em circulação no Brasil.

Aguiar explicou que, até bem pouco tempo, o mesmo órgão responsável pela política de trânsito no País exigia  a presença do extintor nos veículos, e, além disso, deu prazo para que os proprietários adquirissem um novo equipamento com classificação ABC, capaz de debelar chamas nos veículos mesmo em peças e acessórios de diferentes composições químicas.

“Isso na minha ótica, só pode ter sido uma forma de salvar uma empresa que estaria no vermelho, com produtos encalhados”, disse o deputado se referindo à recente exigência para que os proprietários de carros adquirissem o equipamento, sob pena de terem que arcar com multas elevadas.

Diante dessa obrigatoriedade, houve uma corrida  dos consumidores às lojas especializadas e o produto começou a faltar no mercado, provocando o aumento exorbitante nos preços e a falta dos extintores  para venda.


Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.