POLITICA

Levy poderá deixar Ministério da Fazenda se continuar sem apoio do Governo

Em conversa com a presidente Dilma Rousseff, o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, reclamou de isolamento e falta de apoio no governo, colocando em dúvida a permanência no cargo caso a situação não mude. As informações são do jornal Folha de S. Paulo. 

Segundo o jornal, Levy não falou em demissão com a presidente, mas esclareceu que sua permanência à frente da pasta corre risco sem apoio do Planalto.  

Depois da conversa, a presidente foi à público ontem defender o ministro, afirmando que ele não "está desgastado" nem "isolado" no governo. A credibilidade de Levy tem sido afetada pelas várias vezes em que defendeu medidas não bancadas pelo governo em última instância. Foi o caso da redução da meta fiscal para o superávit primário, reduzida de 1,1% para 0,15%, após garantia do ministro que a conta não seria alterada.




Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.