POLITICA

Mercadante deixa a Casa Civil e assume a Educação


Entre as diversas concessões feitas pela presidenta Dilma Rousseff para a reforma ministerial a ser anunciada nesta quinta-feira 1º está a saída de um de seus homens de confiança, Aloizio Mercadante, do núcleo do governo. O ministro deixará a Casa Civil para reassumir o Ministério da Educação, ocupado por ele entre 2012 e 2014.

Mercadante reuniu sua equipe na Casa Civil para comunicar a mudança e solicitar um balanço do período em que esteve à frente do ministério. O ex-senador disse aos auxiliares estar animado com a possibilidade de voltar à Educação, pasta na qual poderá comandar os projetos da "Pátria Educadora", a maior bandeira do segundo mandato de Dilma.

A Casa Civil deve ficar aos cuidados do ex-governador da Bahia Jaques Wagner, atualmente no Ministério da Defesa. O nome de Wagner para a Casa Civil era defendido pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva desde o início do segundo mandato de Dilma e conta com o apoio do PT – o partido se sente mais representado por Wagner do que por Mercadante.



Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.