CIDADE

Comitê do açude Trussu reduz vazão para 200 mil litros por segundo

Para discutir a situação hídrica e detalhar a operação do açude Trussu durante os meses de julho a outubro, a Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (COGERH), por meio da Gerência Regional de Iguatu, realizou a Reunião de Avaliação da Alocação de Água, no dia 29 de outubro, no Auditório do Salão Paroquial, localizado no bairro Santo Antônio, município de Iguatu.

A reunião teve como pautas a Avaliação da Alocação Negociada de Água no período de julho a outubro de 2015, apresentação do resultado batimétrico do açude Trussu, que aponta o volume real do reservatório e a definição pela Comissão Gestora do açude sobre a vazão média a ser liberada durante os meses de novembro e dezembro de 2015.

Na ocasião o coordenador do Núcleo Técnico, Mardônio Mapurunga apresentou os dados técnicos do açude, o qual encontra-se hoje com 23% de sua capacidade. Também foi informado os prognósticos da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (FUNCEME) para o ano de 2016. Foi divulgado, ainda, o ato declaratório nº 01/2015, que descreve a situação de escassez hídrica em todo o Estado.

Após os debates os membros da Comissão Gestora definiram, por meio de votação, uma vazão média de 200 l/s para ser liberado do açude Trussu, durante os meses de novembro e dezembro deste ano. A vazão aprovada atenderá somente o abastecimento humano, ficando inviável a irrigação no trecho perenizado.


Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.