REGIONAL

Médicos residentes do Ceará paralisam atividades por tempo indeterminado

Os médicos residentes do Ceará paralisaram as atividades, nesta quinta-feira, 26, por melhores condições de trabalho. Um grupo de residentes faz ainda nesta manhã um ato na Escola de Saúde Pública do Estado, na avenida Antônio Justa, no bairro Meireles. Ao todo, mais de 300 residentes atuam em postos e hospitais do Estado.

Segundo a Associação dos Médicos Residentes do Ceará, a concentração para o ato iniciou às 9 horas na Praia de Iracema, de onde o grupo segue em direção à escola. Felipe Ramalho, presidente da associação, afirma que as reivindicações foram entregues ao secretário de Saúde do estado, mas a paralisação segue por tempo indeterminado.

“O movimento é em prol da saúde como um todo, da luta por questões da residência médica. Estamos atentos e preocupados com a situação da saúde do nosso estado e reivindicamos insumos, medicações e assistência à população”, explica ele. Felipe destaca que, apesar de a Associação Nacional dos Médicos Residentes (ANMR) pedir reajuste salarial para os residentes, o movimento local está focado nas melhorias trabalhistas.



Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.