NACIONAL

Ana Maria Braga revela estar com câncer de pulmão

Ana Maria Braga surpreendeu os fãs na manhã desta segunda (14), durante o "Mais Você". Em uma conversa franca com o público, a apresentadora revelou ter descoberto um câncer de pulmão em estágio inicial. Apesar disso, segundo os médicos, como o tratamento foi iniciado precocemente, as chances de cura seriam de quase 100%.

Depois de saber da doença, ainda em setembro Ana Maria resolveu parar de fumar e passou por uma cirurgia. "Além de ser uma droga poderosa, o cigarro pode matar pessoas. E parar é muito mais difícil, porque as pessoas são dependentes. Fumei durante muitos anos e parei esse ano e em uma circunstância terrível.  Tomei remédio para parar, uso adesivos. Me maltratei muito. É um preço que eu pago", revelou a apresentadora."

A apresentadora resolveu esperar, até estar mais forte e saudável, para fazer o anúncio ao público, o que, para ela, seria como um alerta para os danos do cigarro. E, com Ana Maria, o alerta foi feito pelo companheiro Bill. "Eu poderia estar até hoje sem saber que estava com um problema no pulmão. Ele me cobra muito e comecei a fazer ginástica. Ele dizia para eu parar de fumar e que eu precisava fazer alguns exames. Ele tanto insistiu que marquei uma consulta. Fiz uma tomografia e quando eu saí disseram que acharam uma coisa pequena, um início de um tumor cancerígeno. Vocês acompanharam a minha luta e eu sei o que se passa quando se faz uma radioterapia, quimioterapia. Fique estatizada. É um risco que toda pessoa que fuma tem. Fui para a internação e me operei em uma manhã de sexta-feira", contou.

Para explicar para o público detalhes sobre seu estado de saúde, Ana Maria fez questão de trazer para o programa o oncologista Antonio Carlos Buzaid, um dos médicos que a tratou. "Acho que você teve muita sorte, foi o menos grave. Se você esperasse ter sintomas, poderia ser pior", disse ele certificando chances de cura total para a artista.



Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.