CIDADE

Hospital Regional de Iguatu terá Centro de Parto Normal

A opção pelo parto normal garante às mulheres uma recuperação mais rápida e uma probabilidade menor de contrair infecções. Nesse sentido a Prefeitura de Iguatu vai oferecer à população um equipamento pioneiro na rede de saúde do município, que possibilitará o planejamento da gravidez e uma atenção mais humanizada na hora do nascimento. Trata-se do Centro de Parto Normal (CPN).

A obra faz parte do projeto de ampliação do Hospital Regional de Iguatu, e vai custar aos cofres públicos um valor inicial de R$ 574.864,67, através de uma parceria entre a Prefeitura de Iguatu e o Ministério da Saúde.

Quando estiver pronto, o Centro de Parto Normal terá cinco quartos PPP (pré-parto, parto e pós-parto) com banheiros privativos, sendo um deles com banheira para possibilitar a realização de partos na água. O CPN terá ainda uma área de conforto para as gestantes, um posto de enfermagem, além de uma sala de assistência ao recém-nascido. Também será permitida a presença de um acompanhante de livre escolha durante o parto. 

O prefeito Aderilo Alcântara afirma que a obra vai garantir melhor atendimento às gestantes e aos recém-nascidos. “O ambiente favorece a humanização do parto. Isso envolve a forma como se atende a gestante, desde a entrada no hospital até o momento da alta com o bebê. As gestantes ganharão em privacidade, humanização e qualidade no atendimento prestado”, disse.

Além do Centro de Parto Normal, a Prefeitura está construindo e equipando a Casa da Gestante, o Centro de Obstetrícia, e está em fase de conclusão a Unidade de Tratamento Intensivo – UTI Neonatal. “São equipamentos que necessitam de uma demanda muito grande de recursos, e sem o apoio dos governos federal e estadual não temos como colocá-los em funcionamento”, ressaltou Aderilo Alcântara.  



Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.