POLITICA

PMDB reúne executiva para decidir sobre rompimento com o governo


A direção do PMDB decidiu convocar para a quarta-feira, 16, às 10h30min, reunião da executiva nacional do partido. A operação da Polícia Federal que cumpriu mandados de busca e apreensão nas residências e escritório do presidente da Câmara, Eduardo Cunha, e de outros peemedebistas foi um novo golpe na relação do PMDB com o Governo.

Em entrevista no início da tarde desta terça-feira, 15, Cunha disse ver com "estranheza" a operação e afirmou que ela mira no PMDB e poupa o PT."O PMDB tem de decidir sua saída desse governo o mais rápido possível", pontuou.

O grupo aliado de Cunha e contrário à relação com o Governo Dilma Rousseff aumentou a pressão sobre a cúpula para que seja antecipada de março para janeiro a convenção do partido. A principal decisão no encontro deve ser o rompimento com o governo.

Entre os motivos que intensificam o fim da relação, estão as alegações de que o Planalto nada fez para evitar as buscas e apreensões contra peemedebistas ou de que usou a ação como revide diante da aceitação do pedido de impeachment.

Reunião
A convocação da executiva foi decidida pelo presidente nacional do partido, o vice-presidente Michel Temer (PMDB), segundo informações do site Poder Online.



Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.