CIDADE

Lideranças do Centro Sul discutem custeio do Hospital Regional de Iguatu



Prefeitos da microrregião de saúde do Centro Sul do Estado, composta por 10 municípios, estiveram reunidos na manhã desta quarta-feira (3) nas dependências da Assembleia Legislativa do Ceará, para discutir o rateio de recursos para o custeio do Hospital Regional de Iguatu.

O encontro contou com a presença do deputado estadual Agenor Neto (PMDB), do deputado e líder do Governo, Evandro Leitão (PDT), dos deputados Leonardo Araújo (PMDB) e Robério Monteiro (PROS), além dos prefeitos Aderilo Alcântara (Iguatu), Vilmar Félix (Acopiara), Gilvan Oliveira (Cariús), Ecildo Evangelista (Mombaça), Risoleta Moreira (Irapuan Pinheiro), Expedito do Nascimento (Piquet Carneiro) e Raimundo Luna (Jucás).

O Hospital Regional de Iguatu, unidade polo, atende a pacientes de dez municípios da região, e nos últimos dois anos, com a crise da saúde instalada no país, passou a ter problemas de recursos para o financiamento do seu custeio. Iguatu, cidade sede da unidade de saúde, atualmente é quem banca a maior parte dos recursos, investindo mais de R$ 460 mil ao mês, enquanto o Governo Federal banca R$ 400 mil e o Governo do Estado, R$ 390 mil.

"Mais uma vez mostramos a situação grave pela qual passa o Hospital de Iguatu, e a discriminação do Governo Do Estado com a nossa região. Para o Hospital da Região Norte, em Sobral, tem médicos de avião, tem investimentos milionários e aqui na nossa região temos que viver numa situação de calamidade, e o município de Iguatu tendo que bancar a maior parte do custeio", disse o deputado Agenor Neto. “E além do mais temos uma UTI Neonatal pronta em Iguatu, e não inaugura porque o Governo diz que não tem dinheiro, é inadmissível", pontuou.

O prefeito Aderilo Alcântara disse que do jeito que a situação se encontra, não tem como continuar, porque Iguatu acaba pagando por pacientes de outras regiões. "É uma situação muito difícil, que termina extrapolando a cota conveniada entre as cidades e a Secretaria de Saúde do Estado, e no final sobra para a Prefeitura de Iguatu", disse.

Durante o encontro o líder do governo, Evandro Leitão se comprometeu em agendar uma reunião com o governador Camilo Santana para a próxima sexta-feira (5) ou depois do período de Carnaval para debater o assunto.



Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.