REGIONAL

Revista Veja destaca deputado cearense 'no é dando que se recebe'

A revista Veja, já em circulação nacional, destaca em sua matéria principal a troca de cargos do Governo Federal por votos contra o impeachment da presidente Dilma. Em um dos trechos da reportagem, é citado o deputado federal Macedão (PP), por ter conseguido indicar um nome ligado a ele para a direção do DNOCS, no Ceará, órgão que tem atualmente um orçamento anual de mais de R$ 1 bilhão de reais.

Leia o trecho da matéria de Veja, em que é citado o deputado cearense:

"Para escapar do impeachment, a faxineira ética de outrora passou a assediar congressistas dispostos a colocar seu "sim" ou "não" no mercado. O baixo clero, formado pelos políticos mais inexpressivos do Congresso, está, naturalmente, em festa. É o caso do deputado José Maria Macedo Júnior, do PP do Ceará. Macedão, como é conhecido, é dono de uma empresa que fornece canos e tubulações para obras federais, inclusive para a transposição do Rio São Francisco, que lhe rendeu 50 milhões de reais em 2015. 

Apesar de exercer seu primeiro mandato na Câmara, ele foi alçado, na semana passada, à gloriosa condição de responsável pela indicação do novo diretor-geral do Departamento Nacional de Obras contra as Secas (Dnocs), que tem orçamento anual de mais de 1 bilhão de reais e cujos projetos atiçam a cobiça da firma... da firma... do próprio Macedão!

É isso: em troca de um único voto, o governo colocou o deputado-empresário nos dois lados do balcão de negócios. Deu resultado. Macedão, antes indeciso, agora fechou contra o impeachment. 


Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.