CIDADE

Documento desmente vereadores de oposição sobre doação de terreno


Vereadores da bancada de oposição tentam de todas as formas pegarem carona no processo que resultou na doação de um terreno para o SESC construir uma escola na cidade de Iguatu. A área, de aproximadamente 16 mil metros quadrados, está sendo cedida em regime de aluguel mensal de R$ 7.500,00, pelo Rotary Club de Iguatu.

Os referidos edis diariamente ocupam emissoras de rádios locais e no plenário da Câmara para tentarem desgastar a gestão municipal que não se antecipou na doação do terreno.

Ora, meus amigos, os vereadores de oposição usam de má fé. A prefeitura de Iguatu ofereceu sim um terreno para a doação de uma escola do SESC.

Em ofício enviado ao órgão, datado de 06 de abril de 2015, o prefeito Aderilo Alcântara assinou o documento concedendo uma área para que a escola fosse construída no município. (Foto ao lado)

A mentira dos vereadores de oposição não cola. É importante lembrar que alguns meses atrás o prefeito Aderilo chegou a se reunir com os integrantes da diretoria do Rotary para solicitar uma parte desse mesmo terreno em regime de permuta (10 mil metros quadrados) para a construção de uma escola de ensino fundamental e teve o seu pedido negado.

Nos bastidores, comentou-se à época que um vereador da bancada de oposição, que também é integrante da diretoria do órgão, teria se manifestado contra, e até induzido os demais colegas para não apoiar a doação. 

Resta saber agora, o que motivou a Rotary a doar um terreno para o SESC construir uma escola e não teve o mesmo posicionamento com uma solicitação da Prefeitura de Iguatu. 

Fica aqui a indagação.  

   
  

Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.