CIDADE

Primeiro neurofarmacêutico do Brasil é iguatuense


O iguatuense Luiz Paulo da Penha Ferino, formado em Farmácia pela Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), acaba de ascender a uma nova graduação. Depois de dois anos cursando a primeira turma da Residência Multiprofissional em Neurologia e Neurocirurgia de Alta Complexidade, promovida pela Escola de Saúde Pública do Ceará, o jovem tornou-se o primeiro neurofarmacêutico do país.

Nos dois anos de especialização o recém-neurofarmacêutico realizou novos estudos de cunho farmacêutico nas áreas de Farmácia Clínica, acompanhamento de pacientes com Acidente Vascular Cerebral (AVC), Aneurismas, Esclerose Múltipla, além de síndromes raras como Apert-Crouzon, Guilland-Barré, desenvolvimento de protocolos neurológicos clínicos, dentre outros.

A residência, que começou em maio de 2014, finalizou na sexta-feira (6) com a defesa do Trabalho de Conclusão de Residência (TCR), com o título “Vivências, experiências e desafios: panorama quantitativo das atividades realizadas pelos farmacêuticos-residentes no Hospital Geral de Fortaleza (HGF)”.

(Com informações do Jornal A Praça)



Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.