REGIONAL

Polícia prende dois acusados da morte do estudante de Direito em Icó

Uma operação envolvendo policiais civis e militares conseguiu prender na manhã desta sexta-feira (17), no sítio Retiro, uma dupla suspeita do assassinato do estudante de Direito, Lucas José Peixoto, 19 anos, ocorrido na noite do dia 11, na cidade de Icó. Os suspeitos são: José Anderson Estevão da SIlva, de 20 anos e Deoclécio da Silva, vulgo Nenem, de 19 anos.(FOTO: Richard Lopes)

Segundo o delegado regional de Polícia Civil, Marcos Sandro Nazaré, o crime tem características de execução. Ele descarta, portanto, a hipótese de latrocínio, uma vez que os acusados não desceram da moto para recolher nenhum pertence da vítima.

Além disso, o delegado colheu que no momento da ação os acusados teriam mandado a namorada da vítima se afastar. "Diante dessas características, investigamos e descobrimos que a vítima andava armada, mas não tinha passagem pela polícia, era uma pessoa de bem e que promovia festas", disse.

Ainda segundo o delegado, fatos apurados dão conta de que no dia 15 de maio último houve uma confusão durante uma festa realizada no Cabana Clube, e o promotor do evento, o estudante assassinado, teria determinado a retirada de uma pessoa que estava armada no local da festa, e essa pessoa era o Anderson da Silva, que chegou a ser preso e autuado por porte ilegal de armas.

Os dois acusados negaram a participação no crime do estudante e estão com a prisão temporária decretada. Segundo o delegado, a dupla é suspeita de tráfico de drogas e já tem passagem pela polícia.


Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.