CIDADE

Pré-candidato a prefeito de Iguatu, Ednaldo Lavor, não emplaca nas pesquisas e pode ser descartado


O vice-prefeito Ednaldo Lavor (PDT) está disposto a tentar emplacar como o dono dos votos da oposição, ao se apresentar como pré-candidato a prefeito de Iguatu, nas eleições deste ano. Para isso, Lavor sabe que precisa se livrar das rédeas do ex-deputado Marcelo Sobreira, a quem, num passado recente, se utilizava de todo tipo de palavrão ao se referir ao seu atual aliado.

A luta é desesperadora. Ednaldo tenta de todas as formas passar a imagem do político bonzinho, e diariamente se utiliza das emissoras de rádios locais  para atacar a administração do prefeito Aderilo Alcântara e o deputado estadual Agenor Neto, a quem ele dizia que era grato pela sua ascensão na carreira política. 

Mas a luta de Ednaldo Lavor parece ser em vão, mesmo com o aparente apoio dos Ferreira Gomes. Informações que circulam nos bastidores da política local dão conta que sua candidatura está prestes a ser implodida diante dos resultados de uma pesquisa eleitoral que se encontra nas mãos do ex-deputado Marcelo Sobreira. Pelos resultados da pesquisa, Ednaldo Lavor não tem a credibilidade da população para ser o candidato a prefeito pela oposição.  

Se o acordo ‘vingar’, Ednaldo deverá desistir da pré-candidatura para dar lugar à deputada Mirian Sobreira, que se tornou apta a disputar o pleito, depois de pedir exoneração da Secretaria de Políticas Sobre Drogas e se licenciar da Assembleia por 120 dias.

Sem brilho próprio, e sem apoio da população para uma candidatura, só resta para o vice Ednaldo Lavor cumprir o ofuscado final de mandato como vice-prefeito de Iguatu, que termina em 31 de dezembro deste ano. 


Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.