DESTAQUE

Governistas esvaziam plenário da Assembleia e não votam requerimento da saúde



Pela sétima vez a base aliada do governador Camilo Santana consegue esvaziar o plenário para não dar quórum e possibilitar a votação do requerimento, de autoria do deputado Agenor Neto, que pede a liberação, por parte do Governo do Estado, de emendas parlamentares, no âmbito do Programa de Cooperação Federativa (PCF), destinadas à a´rea da saúde pública estadual. Como havia feitos em outras ocasiões, os parlamentares, após votarem os projetos de interesse do Governo, se retiraram do plenário, e não houve número para a votação.

O deputado Agenor Neto (PMDB) ainda tentou a sensibilização dos colegas parlamentares, mas a base aliada permaneceu fiel ao Governador, e mesmo enfrentando vaias, preferiu se ausentar do recinto. Caravanas da região Centro Sul lotaram as galerias do Poder Legislativo para apoiarem o requerimento de Agenor Neto, mas nem isso foi suficiente. Por volta das 13 horas, apenas 13 deputados do chamado bloco de oposição permaneciam no plenário. Foi o suficiente para que o presidente da sessão, o deputado Joaquim Noronha, anunciasse o encerramento da sessão.

"É lamentável que possamos ver que os deputados da base aliada do governador Camilo Santana tenham que se submeter a esse tipo de situação, que é não votar a favor de suas próprias emendas que destinam recursos para a saúde pública do Estado do Ceará", disse Agenor Neto.




Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.