CIDADE

Agenor Neto critica Governo do Estado por crise na segurança pública do Centro Sul


O deputado Agenor Neto usou a tribuna da Assembleia Legislativa, na sessão plenária desta quinta-feira (11/09), para chamar atenção sobre a falta de segurança pública na região Centro Sul do Estado. De acordo com o parlamentar, a insegurança só aumenta e, enquanto isso, a cadeia pública de Iguatu continua interditada.

Segundo Agenor Neto, a unidade prisional está interditada pela Justiça há mais de um ano devido a problemas nas instalações hidrossanitárias e elétricas. "Até hoje o governador Camilo Santana não resolveu o problema. A delegacia Regional de Iguatu, que tem duas celas para atender oito presos, está com mais de 25 detentos", disse.

O parlamentar informou que no próximo sábado (20/08), o governador do Estado vai lançar na região Centro Sul o Batalhão do Raio. "O Raio é importante, mas não entendo o porquê do governador lançar esse programa na região se não tem onde prender os bandidos, já que a cadeia está interditada", indagou. Na avaliação de Agenor Neto, está havendo uma ação eleitoreira para dar uma falsa sensação de segurança.

Agenor Neto rebateu as críticas que o governador Camilo Santana teria feito a ele durante entrevista numa emissora de rádio de Iguatu. "Ele inclusive me desafiou para um debate, e eu não fujo de desafios, e, portanto aceitei, e dia 20 de agosto estarei na Praça da Matriz para que o povo veja onde está a verdade", disse.


Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.