CIDADE

Deputado Agenor Neto emite nota sobre declarações do secretário de Segurança Pública do Estado


Meus irmãos de Iguatu,

Venho a público repudiar de forma veemente as declarações proferidas de forma sorrateira pelo secretário de Segurança Pública do Estado, Delci Teixeira, quando afirmou, durante entrevista para uma emissora de rádio de Iguatu, que eu estaria sendo contra a vinda do Batalhão do RAIO para Iguatu.

Na verdade, o que tenho dito publicamente, e expus na reunião também em Fortaleza, na presença do presidente do Rotary de Iguatu, Tales Mendonça, do presidente da CDL, José Mota Luciano e de outras entidades é que, a vinda do batalhão do RAIO para Iguatu é uma iniciativa importante no combate à criminalidade na região. No entanto, gostaria de observar que, para que essa ação possa ser implantada no município de forma positiva, é preciso que antes o Governo do Estado resolva o problema da Cadeia Pública de Iguatu, que está interditada pela Justiça há mais de ano, sem ter condições de receber presos. É preciso observamos também que, por conta desse problema na Cadeia Pública, a Delegacia Regional de Polícia Civil se obriga, diariamente, a manter até 28 presos em duas celas, quando na verdade só poderia ter no máximo oito detentos.

Diante do exposto, gostaria de reafirmar que a vinda do Batalhão do RAIO para Iguatu é uma ação importante, e isso eu disse ao secretário Delci Teixeira, na presença de várias testemunhas. Mas, como disse anteriormente, a Cadeia Pública de Iguatu, além de interditada, também está com superlotação em suas celas. A Delegacia Regional de Polícia Civil também não tem condições de receber novos detentos. Então, eu gostaria que todos nós iguatuenses pudéssemos refletir sobre isso: O RAIO vai prender mais bandidos, isso é fato. E então eu pergunto: onde o Estado irá colocar os novos presos? Essa pergunta eu fiz ao secretário de Segurança do Estado durante a reunião, no entanto, ele não soube responder.

Agenor Gomes de Araújo Neto
Deputado Estadual



Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.