REGIONAL

PMDB fecha posição e disputa pelo comando da AL-CE será voto a voto



A bancada do PMDB fechou questão ontem e votará em Sérgio Aguiar (PDT) para a presidência da Assembleia. Com decisão da sigla, maior partido de oposição a Camilo Santana (PT) na Casa, Aguiar conta agora os mesmos 20 votos de seu adversário no pleito, o atual presidente Zezinho Albuquerque (PDT). Com perspectiva de decisão voto a voto, eleição ocorre nesta quinta-feira.

Disputado entre dois membros da base aliada, o pleito sinaliza que será difícil acalmar os ânimos – vença quem vencer – dos dois deputados após a votação. Atualmente, o governo ainda tenta costurar uma saída “pacífica” para a questão, articulando acordo prévio que garanta reeleição de Zezinho e evite um choque entre chapas no plenário.

Na manhã de ontem, Zezinho reuniu na residência oficial do governador 20 parlamentares favoráveis à sua reeleição. Além deles e de Camilo, participaram do encontro o prefeito Roberto Cláudio (PDT) e o ex-governador Cid Gomes (PDT). A mensagem é clara: com adversário incrementado pela oposição, Zezinho tenta reforçar imagem de “candidato do governo”.

Já Aguiar, por sua vez, ganhou novo peso na disputa após receber 11 votos de bloco do PSD e PMB, liderado pelo deputado federal Domingos Neto (PSD) na Casa. De olho na chance de impor vitória ao governo, os seis deputados do PMDB resolveram aderir à candidatura. “A bancada se reuniu e definiu pelo nome do Sérgio, sem divisões”, diz Danniel Oliveira (PMDB).

Com isso, o deputado deverá receber também apoio dos demais partidos do bloco de oposição, PR e PSDB. Na tarde de ontem, os dois deputados do PR já confirmava voto em Sérgio Aguiar. Já Carlos Matos, único tucano na Casa, ainda não confirma voto, mas confirma “sentimento” de que a oposição vote unida na disputa.


Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.