REGIONAL

70% dos municípios cearenses estão em situação de emergência


Dos 184 municípios cearenses, 129 estão em situação de emergência devido ao agravamento dos efeitos da seca, segundo o Governo do Estado. O número equivale a 70% das cidades. O último decreto com a inclusão de 25 municípios nesta condição foi divulgado no Diário Oficial do Estado de quinta-feira (22). Conforme a Coordenadoria Estadual da Defesa Civil, oito destas cidades ainda aguardam reconhecimento da emergência por parte do Governo Federal.

A situação de emergência, conforme a Defesa Civil, é decretada sempre que o prejuízo público diante de uma situação anormal compromete parte da receita líquida anual da cidade. O reconhecimento da União é o pré-requisito para a liberação de recursos federais, além de garantir maior rapidez nas ações a serem executadas nas localidades.

Em 112 destes municípios, a situação de emergência homologada pelo Estado estará vigente até abril de 2017. Das 18 cidades que integram a Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), sete (Cascavel, Caucaia, Chorozinho, Pacajus, Pacatuba, São Gonçalo do Amarante e São Luís do Curu) estão em emergência.

Se comparado o atual cenário - 129 cidades em emergência - aos períodos semelhantes (último trimestre do ano), o índice de agora é o menos severo, já que em 2012, 2013, 2014 e 2015 haviam 174, 175, 176 e 150 localidades em estado de emergência, respectivamente.

O gerente de homologação da Defesa Civil Estadual, sargento Paiva Júnior, explica que no atual momento das ações executadas pelo órgão, somente a Operação Carros Pipas continuam. Boa Viagem, Campos Sales, Deputado Irapuan Pinheiro, Iracema, Pedra Branca e Pereiro são municípios, que segundo o militar, continuam sendo atendidos por esta ação. DN


Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.