POLITICA

Crise Renan e STF: "estou indignado com a irresponsabilidade de todo mundo", diz Tasso

O senador Tasso Jereissati (PSDB) criticou, nesta terça-feira (6), "a irresponsabilidade de todo mundo" diante de mais um impasse entre Legislativo e Judiciário em momento decisivo no Congresso Nacional. O tucano alertou para a proximidade da votação da PEC do Teto dos Gastos Públicos (55/2016), que pode acabar ficando para 2017, e para a necessidade de estabilidade política para sair da crise.

"Estou indignado com a irresponsabilidade de todo mundo. Estamos a seis dias da votação da PEC do teto e a 10 dias do fim do mandato do Renan. Que irresponsabilidade! A crise é gravíssima! Não podiam pensar no Brasil? Agora Renan não acata e estamos sem presidente, sem sessão, e é gente de todo mundo ligando em pânico, gigantes do mercado perguntando se já não é hora de deixar o Brasil".

Desacato

Na segunda-feira (5), o ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), decretou, através de liminar em decisão monocrática, o afastamento do senador Renan Calheiros da presidência do Senado.

Nesta terça-feira (6), agravando ainda mais a crise, Calheiros articulou blindagem no Senado, e a Mesa Diretora da Casa rejeitou a decisão do STF e afirmou que iria esperar a decisão do pleno da Corte para afastar o presidente.

O impasse provocou o cancelamento da sessão desta terça-feira e pode acabar atrasando votações cruciais para o Palácio do Planalto, como a do Teto de Gastos. Além disso, com a queda de Renan, o petista Jorge Viana assume o cargo e já afirmou "não se comprometer" com a PEC. (CearaNews7)


Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.