POLITICA

Deputada Mirian Sobreira desafia governador e pede vistas de projeto que extingue secretaria

A deputada estadual, Mirian Sobreira (PDT) não se conforma com a extinção da Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas, pasta que está sob o seu comando desde o início do mandato do governador Camilo Santana. 

A proposta do Governo do Estado faz parte de um conjunto de medidas a serem adotadas para acrescentar aos cofres públicos um montante de R$ 850 milhões por ano. O pacote deve ser votado essa semana pelo plenário da Assembleia Legislativa.

Na semana passada, a deputada subiu na tribuna do plenário da Assembleia para criticar a medida do Governo, que transforma a Secretaria de Políticas sobre Drogas em coordenadoria, sob o controle do gabinete do governador Camilo Santana. 

A parlamentar não concorda com a atitude do governador, e entrou com pedido de vistas na CCJ da Assembleia para avaliar a medida do Governo.

Nos bastidores da política de Iguatu, o que se comenta é a insatisfação do grupo político da deputada Mirian com a atitude do governador Camilo Santana, que além de extinguir a secretaria comandada pela parlamentar ainda levou o deputado estadual Agenor Neto para sua base aliada na Assembleia Legislativa. 

Esse último episódio, levou a deputada Mirian a ocupar uma emissora de rádio local para afirmar que deu um “xeque mate” no governador Camilo, insinuando que sairia da base do governo caso seu adversário político em Iguatu (Agenor Neto) passasse a ocupar posições no Governo.


Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.