CIDADE

Médico cubano residente em Iguatu é certificado como cidadão brasileiro

O médico Jorge Madrigal recebe das mãos do juiz federal Luiz Praxedes o título de cidadania brasileira
Depois de 15 anos radicado no Brasil, o médico cubano Jorge Madrigal Azcuy finalmente conquistou sua cidadania brasileira. O documento foi oficialmente entregue no dia 29 de novembro, na 1ª Vara da Justiça Federal do Ceará, em Fortaleza.

"Para mim está sendo um momento alegre e especial. Significa muito pois amo o Brasil que adotei como segunda 'pátria mãe', e ela me adotou como filho. Os anos de serviço prestados a esse país foram coroados com esse título", disse.

O pedido de naturalização, segundo o médico, foi feito há cerca de um ano, depois de ser submetido a vários trâmites burocráticos. "Para minha grande surpresa foi rápido em relação a casos que já tomei conhecimento que duraram mais de 3 anos", destacou.

O médico Jorge Madrigal reside há vários anos em Iguatu onde presta serviços na área de clínica geral, atuando no Hospital Regional de Iguatu e no Hospital São Camilo. Em Iguatu, foi o primeiro estrangeiro a conseguir um título de cidadania iguatuense, concedido em junho de 2012.

Chegada no Brasil

Jorge Madrigal formou-se no Instituto Superior de Ciências Médicas de Havana em 1991. Antes de chegar ao Brasil, o médico rompeu fronteiras, desembarcando inicialmente, em 1999, na cidade do Chile e depois na Bolívia. Em 2002 chegaria de forma clandestina ao Brasil pela fronteira do Mato Grosso do Sul, em um trem. Para ficar no Brasil ele recorreu ao visto permanente de cidadão, e só atuou profissionalmente dois anos após sua chegada no país, depois de fazer a prova de revalidação do seu diploma acadêmico.


Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.