CIDADE

Parte dos recursos que seriam destinados ao TCM vai para o Hospital de Iguatu


O Palácio da Abolição fez as contas e o tamanho do balanço político e saiu a sentença: dos R$ 102 milhões que seriam destinados ao TCM, órgão extinto pela Assembleia Legislativa, R$ 80 milhões vão para o Tribunal de Contas do Estado. Cerca de R$ 24 milhões serão destinados à saúde.

Parte dos R$ 24 milhões vão ser investidos no Hospital Regional de Iguatu, atendendo um pedido do deputado estadual Agenor Neto (PMDB). Aliás, o prestígio de Agenor Neto junto ao Governo tem deixado seus adversários políticos em Iguatu com as mãos na cabeça. Na semana passada, Agenor conseguiu que sua emenda de R$ 500 mil fosse liberada para custeio do Hospital de Iguatu. 



Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.