POLICIAL

Aposentado é morto e tem cabeça decepada na zona rural de Tauá. Suspeitos estão presos


A Polícia Civil do município de Tauá, no sertão dos Inhamuns, já elucidou o crime, que teve como vítima o idoso Anastácio Ângelo Saraiva, de 75 anos. O fato aconteceu na última sexta-feira (6), na localidade de Sítio Bálsamo, distante 50 Km da sede do município.

O crime revoltou a população pela forma cruel como foi executado. Segundo o delegado responsável pela investigação do caso, Gisleian Lima, o crime foi premeditado. Os acusados, os irmãos Joaquim Júnior Pedrosa e Francisco Nivando Pedrosa, de 37 e 39 anos respectivamente, já estão presos. Eles disseram para a polícia que estavam bebendo com a vítima, e depois de embriagá-lo, acertaram um golpe de machado na vítima, deixando-a inconsciente. Ainda segundo os irmãos, o idoso foi transportado de motocicleta para outro local, onde trataram de finalizar o serviço, decepando a cabeça e o órgão genital da vítima. 

A vítima estava desaparecida desde as 10 horas da última sexta-feira, e, segundo os moradores do sítio onde o mesmo morava, a última vez em que Anastácio foi visto estava bebendo em companhia dos irmãos, que logo passaram a ser investigados como suspeitos do homicídio.

Após serem presos os irmãos foram conduzidos para a 14ª Delegacia e a princípio tentaram negar a autoria do crime, mas logo depois de serem conduzidos ao local onde o corpo da vítima foi encontrado, resolveram confessar o crime e indicaram o local onde as armas estavam escondidas, um machado e uma faca tipo peixeira.

Durante os depoimentos os irmãos Júnior e Nivando disseram que resolveram matar o aposentado porque estavam sendo acusados pelo mesmo de roubo de criações na região.

Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.