REGIONAL

Ceará registra três casos suspeitos de doença da "urina preta"

O Ceará registrou três casos suspeitos de "mialgia aguda a esclarecer", síndrome ainda misteriosa que está sendo chamada de "doença da urina preta". Os casos foram divulgados nesta quinta-feira (12) pela Secretaria de Saúde do Ceará (Sesa).

Em nota técnica, a Pasta informou que os casos estão sendo investigados e as amostras colhidas estão em fase de análise. De acordo com a Sesa, os sinais e sintomas apresentados pelos pacientes foram: dores musculares intensas de início súbito, acometendo principalmente a região cervical, membros inferiores e superiores e mudança na tonalidade da urina, variando entre vermelho escuro e castanho. Nenhuma dos pacientes apresentou febre, cefaleia, artralgia ou exantema.

Surgimento da doença
Os primeiros casos da doença surgiram em dezembro de 2016, na Bahia. Na época o governo baiano emitiu alerta epidemiológico informando às unidades de saúde do Estado sobre a doença, chamada “mialgia (dor muscular) aguda a esclarecer”.

Até o dia 5 de janeiro, o governo da Bahia já havia registrado 52 casos suspeitos da doença, todos da região Metropolitana de Salvador.


Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.