REGIONAL

Deputados projetam debates na Assembleia para 2017


Pelo menos quatro temas: saúde, educação, segurança e extinção do TCM, serão alvos de debates na Assembleia Legislativa do Ceará, nesse próximo período legislativo, que terá início em primeiro de fevereiro. Outros assuntos, como as mensagens que tratam do reajuste do funcionalismo público e da equiparação da remuneração da Polícia Militar (PM) deverão entrar em pautas.

Para o deputado Roberto Mesquita (PSD), saúde, educação e segurança não podem sair da pauta de assuntos tratados no parlamento. Ele avalia, contudo, que no primeiro semestre deste ano é possível que uma possível extinção do TCM, assim como a reaproximação entre o governador Camilo Santana e o PSDB, por conta da nomeação de Maia Júnior para a Seplag devem pautar as discussões.

O deputado Agenor Neto (PSDB) acredita que a crise hídrica volta ao centro dos debates na Assembleia. Ele argumenta que a situação dos municípios em relação ao abastecimento de água para consumo humano é grave e precisa de maior atenção dos governos. Ele destaca, por exemplo, a situação do açude Orós, que enfrenta uma das maiores crises dos últimos anos, acumulando neste momento apenas 12,8% da sua capacidade total. 

Carlos Felipe (PCdoB) destaca que, apesar de o número de homicídios ter diminuído no Estado, o de furtos aumentou, o que fará com que a Assembleia busque meios para enfrentar a crise na segurança. O deputado Sérgio Aguiar (PDT) acredita que a situação financeira do País também deve nortear os trabalhos da Casa.


Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.