POLITICA

Observatório político: Os bastidores da política do Estado e de Iguatu

Coisas da política..
O governador Camilo Santana, que ainda está filiado ao PT, resolveu escolher um oposicionista para ocupar a Casa Civil do seu governo.

O nome da figura, Maia Júnior, foi um dos pilares das duas últimas gestões de Tasso Jereissati no Governo, e vice de Lúcio Alcântara. Depois de dois anos só apagando incêndios, Camilo quer imprimir uma marca no seu governo.

Resta agora observar  como essa escolha será recebida, tanto no governo como na oposição, sobretudo no PSDB. E os Ferreira Gomes, como reagirão.

E por falar em nova marca no governo, Camilo também acolheu importantes lideranças do Centro Sul e Inhamuns na sua base aliada na Assembleia Legislativa. Os peemedebistas Agenor Neto e Audic Mota. Quem também já levou as malas foi o deputado Tomáz Holanda, também do PMDB.

Em Iguatu...
Parte dos funcionários da Prefeitura que ficaram para receber seus salários no mês de janeiro, na gestão do novo prefeito, podem procurar outro meio para pagar as contas. O prefeito Ednaldo Lavor, disse, durante entrevista no sábado (7), que vai pagar apenas os servidores concursados, e o restante vai descartar. O interessante é que o ex-prefeito Aderilo deixou o dinheiro na conta, cerca de R$ 1,6 milhão.

Em Iguatu 2...
Comenta-se nos bastidores a situação de centenas de casos de funcionários da prefeitura de Iguatu, concursados, que estão sendo descartados de suas funções nas pastas da saúde e educação para dar lugar a funcionários contratados ou comissionados.

Em Iguatu 3...
No setor de Tributação, as regras mudaram, ninguém sabe se pra pior ou melhor. Na sexta-feira (6)  a Câmara de vereadores aprovou projeto de autoria do Executivo Municipal retirando a posse da senha de fiscais de tributos e auditores fiscais. Os servidores ameaçam levar o caso ao Ministério Público. Argumentam que a mudança é inconstitucional.

Em Iguatu 4..
Puxando o assunto para a saúde. Seria bom apressar a melhoria no funcionamento do Hospital Regional de Iguatu, até porque tem "dinheiro novo" entrando na pasta. Trata-se da emenda de R$ 500 mil de autoria do deputado estadual Agenor Neto (PMDB), liberada pelo Governo do Estado que foi creditada na conta da Prefeitura na semana passada. Vamos mostrar resultados, né?



Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.