POLICIAL

PMs cearenses fazem movimento para diminuir viaturas nas ruas

Várias cidades do Estado foram afetadas pela 'Operação Tolerância Zero', iniciada às 18h do último sábado (9) e intensificada ontem. Conforme a convocação dos organizadores, feita pelas redes sociais, o intuito era levar um número grande de ocorrências para as Delegacias de Polícia Civil, para que as viaturas fiquem o maior tempo possível no local e o policiamento ostensivo nas ruas fosse reduzido. Segundo os próprios PMs, a ação acontece em retaliação ao Governo, por conta do aumento salarial.


Somente das 8h às 16h, 18 viaturas estiveram na Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA). Conforme o policial que estava na permanência, 13 ocorrências foram levadas pela PM. O agente afirmou que o movimento triplicou se comparado a um domingo normal.

Lideranças políticas e membros das associações divulgaram um vídeo, na noite de ontem, dizendo que haverá a continuidade da operação. Segundo o soldado Noélio, o objetivo do movimento "é sensibilizar o Governo sobre a tabela enviada à Assembleia, em que um soldado tem um aumento de R$ 2,62 em uma das parcelas". As lideranças consideraram o movimento do fim de semana "um sucesso" e ressaltaram a "participação em massa dos policiais do Interior".

O coronel Lauro Carlos de Araújo Prado, secretário adjunto da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), disse que a Pasta acompanhou a movimentação de perto e implantou medidas para que não houvesse prejuízo à sociedade. "As ocorrências não foram acima do fluxo normal de domingo. Tentaram, mas não houve a adesão que eles esperavam", afirmou.

Segundo o coronel, houve também a tentativa de espalhar notícias falsas para disseminar uma sensação de insegurança. "Tentaram criar um caos nas redes sociais. Querem passar como verdade uma coisa que não é. O número de ocorrências está dentro do esperado e as Delegacias e o policiamento ostensivo estão funcionando normalmente. Não houve prejuízo nenhum no número de PMs nas ruas", declarou Prado.


Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.