REGIONAL

Prefeitos pedem maior participação da União nos recursos da saúde

Durante sua visita ao Ceará, na última quinta-feira (12), o ministro da Saúde, Ricardo Barros, participou de encontro com vários prefeitos cearenses. Na oportunidade, os gestores expuseram ao ministro as particularidades do Estado, na tentativa de angariar mais recursos e apoios do Governo Federal para manter e ampliar a rede de atendimento de Saúde no Ceará, além de efetivar a descentralização da rede hospitalar. Para eles, o caminho para conseguir prestar um serviço de saúde de qualidade é longo e exige uma participação maior da União na divisão dos gastos.

O ministro Ricardo Barros reconheceu que as prefeituras tem investido mais do que a lei determina no setor, mas ressaltou que é necessário também melhorar a eficiência da gestão e observar os prazos federais. O ministro disse que existem muitos recursos e programas que não são bem aproveitados pelos municípios, que neste caso, precisam apresentar projetos e enviar documentação para serem agraciados e, consequentemente, receberem as verbas, mas que, por questões operacionais perdem recursos na área.

Um dos assuntos também discutidos durante o encontro foi em relação às demandas, tanto dos municípios quanto do Estado, no que diz respeito ao aumento da proporção de recursos federais per capita para os serviços de saúde no Estado e de novas verbas para custear policlínicas e hospitais regionais. O ministro disse compreender a especificidade do Estado em relação à urgência para a descentralização dos equipamentos e pediu empenho da bancada federal para resolver a questão em Brasília.

"Aqui no Ceará, é preciso consolidar a regionalização dos hospitais e diminuir o fluxo de pessoas para a Capital. Precisamos levar o tratamento de saúde para mais perto das pessoas. Vamos discutir com o governador o funcionamento dos hospitais regionais, mas é preciso muito empenho da bancada federal para garantirmos esses recursos”, afirmou o ministro.


Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.