INTERNACIONAIS

Trump deve assinar hoje decreto sobre muro na fronteira com México

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, vai anunciar nesta quarta-feira que vai construir o muro na fronteira com o México e que vai vetar a entrada no país de cidadãos de alguns países muçulmanos por um mês e da maioria dos refugiados nos próximos quatro meses.

Em sua conta do Twitter na terça-feira, ele escreveu que a quarta-feira vai ser um grande dia para a segurança nacional dos EUA. "Entre vários pontos, nós vamos construir o muro!", afirmou.

As medidas deverão ser apresentadas após uma reunião no Departamento de Segurança Interna, dizem integrantes do novo governo ao jornal "The Wall Street Journal" e às agências Associated Press (AP) e Reuters.

Segundo os três meios de comunicação, dentre os países cujos cidadãos terão a entrada proibida por pelo menos 30 dias estão Irã, Iraque, Líbia, Somália, Sudão e Iêmen - todos países de maioria muçulmana.

Iraque, Líbia, Iêmen e Somália estão em conflito armado aberto, com forte presença de grupos terroristas como a Al Qaeda e o Estado Islâmico. Irã e Sudão estão na lista americana de países que apoiam o terrorismo.

Trump também vetará por ao menos quatro meses a concessão de refúgio a estrangeiros, exceção feita àqueles que fogem da perseguição religiosa em seus países, como os cristãos em nações muçulmanas.


Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.