REGIONAL

Ex-secretário da Justiça do Estado assume como advogado do Caso Dandara


O advogado Hélio Leitão confirmou para a imprensa que entrou no caso da travesti Dandara dos Santos, de 42 anos, que foi assassinada de forma brutal em 15 de fevereiro, no bairro Bom Jardim, em Fortaleza, por cinco suspeitos, segundo a Polícia.

Para Leitão é um absurdo que, em pleno século 21, uma pessoa seja executada por transfobia. “Precisamos reagir e coibir. Não se busca vingança, mas justiça”, disse o advogado. Ele explica que vai esperar o desenrolar das investigações para adotar as providências jurídicas.

Indagado se caberia ingressar com uma ação de perdas e danos contra o Estado, Leitão afirmou: “Se as investigações apontarem omissão ou negligência no atendimento da ocorrência, como parece que houve, tal procedimento entrará na pauta”, complementou o até bem pouco tempo secretário da Justiça e Cidadania do governo Camilo Santana (PT).

Dandara foi brutalmente espancada até a morte. As cenas de agressão, que contou com socos, chutes, chineladas, pauladas e pedradas, foram gravadas e divulgadas na  na internet. O fato gerou grande comoção nas redes sociais.



Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.