REGIONAL

Resolução da OAB obriga procurador geral de Icó a pedir exoneração do cargo


O advogado Fabrício Moreira da Costa pediu exoneração do cargo de procurador geral do município de Icó. De acordo com jurista, o pedido aconteceu motivado por uma decisão existente na Ordem dos Advogados o Brasil (OAB), que proíbe procuradores gerais de advogar, estando exercendo essa função em órgãos públicos.

Segundo Fabrício Moreira, a prefeita Laís Nunes o convidou para que ele assuma a vaga de procurador-adjunto. 

"Ficaremos trabalhando e contribuindo com o município da mesma forma, mas apenas como adjunto. Estou acompanhando a auditoria e têm processos que tenho que advogar. Como geral fico proibido em todo o Brasil de exercer a advocacia", disse.

Ainda segundo Fabrício Moreira, ao contrário do que foi veiculado de forma maldosa em veículos da imprensa cearense, ele continua sendo um aliado forte da família Nunes.


Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.