CIDADE

Associação dos Construtores de Iguatu denuncia existência de "secretário informal" na Prefeitura de Iguatu

A Associação dos Construtores do Centro Sul do Ceará (ACSS), com sede em Iguatu, divulgou nota, nesta quinta-feira (27), denunciando uma suposta participação do ex-secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano de Iguatu, Fábio Bandeira, nas decisões da pasta.

Segundo a entidade, desde o dia 31 de janeiro não existe um secretário titular para responder pela pasta, mas, a evidências apontam que o ex-gestor é quem comanda a secretaria de maneira informal, mesmo depois de ser exonerado pela portaria 074/2017.

De acordo com os representantes da ACSS, o caso foi levado ao conhecimento do secretário da Controladoria, Airton Lavor, que afirmou não ter tomado conhecimento da situação, apesar de o seu gabinete ficar vizinho à secretaria de Meio Ambiente.

No documento, a Associação dos Construtores alega que, a interferência do secretário "informal", Fábio bandeira, nas decisões da Secretaria de Meio Ambiente vem gerando um enorme prejuízo para a classe de construtores, já que apesar de haver a nomeação de uma secretária adjunta, a mesma não tem poder de decisão para resolver as situações que a ela chegam, tendo que despachar com o secretário Fábio bandeira.

A nota diz ainda que a falta de gestão na área de Desenvolvimento Urbano da Prefeitura de Iguatu tem atrasado os processos, atrapalhando os resultados do setor da Construção Civil em Iguatu no ano de 2017. "Já se passaram 25% do ano corrente, algo que nos dará muito esforço para recuperar", diz a nota.


Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.