CIDADE

Iguatu tem saldo negativo na geração de empregos durante o mês de março deste ano, diz Caged

Enquanto o País continua a sofrer com a retração do mercado de trabalho devido a crise econômica, 31 municípios cearenses com mais de 30 mil habitantes conseguiram gerar um saldo positivo de vagas formais no mês de março deste ano.

Entre os municípios pesquisados, Caucaia se destaca com o maior saldo, de 246 postos de trabalho formais, seguido de perto por Horizonte, com 245. Em terceiro lugar, Várzea Alegre teve um saldo positivo de 144 vagas em março deste ano.

As informações são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Conforme os números, em Caucaia, foram admitidos 1.059 trabalhadores e demitidos 813.

Mas, enquanto alguns municípios cearenses conseguiram gerar empregos, em outros, houve perdas no mercado de trabalho. Em Iguatu, no Centro Sul do Ceará, no mês de março, foram demitidos 96 trabalhadores. Conforme os dados do Caged, Iguatu gerou 264 vagas formais de empregos e foram cortadas 360 no mesmo mês.

Segundo a pesquisa, em todo o Estado, foram 4.675 postos a menos em março. O resultado foi o segundo pior para o mês desde 2003, ficando atrás apenas de março de 2016, quando foram fechadas 4.701 vagas. O saldo negativo foi puxado pelo comércio (-1.447 vagas), construção civil (1.258), e serviços, com perda de 1.022 postos de trabalho.


Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.