POLITICA

Temer diz que já cedeu até onde pôde na Previdência e não cometeu erros em sua gestão


O presidente Michel Temer afirmou, em entrevista à Folha de São Paulo, que já cedeu até onde pôde na proposta de reforma da Previdência enviada ao Congresso. Ao avaliar sua gestão, o chefe do Executivo nacional diz que não cometeu "nenhum erro" desde que assumiu a presidência, há 11 meses.

O Planalto decidiu flexibilizar cinco pontos da reforma, que incluem regras de transição, critérios para aposentadoria rural, acesso ao Benefício de Prestação Continuada (BPC), acúmulo de pensões e aposentadorias e regime especial de professores e policiais civis.

Na entrevista, Temer reiterou que não deve ceder quanto ao estabelecimento de uma idade mínima para a aposentadoria, de 65 anos, exceto para as mulheres.

Novo ponto de concessão

"Convenhamos: se tivermos a idade de homem de 65 anos e a de mulher 64, 63, não significa que não tenha sido feita uma grande conquista. Mas ainda não está em pauta essa última matéria. Essa nós vamos verificar mais para frente, se é necessário ou não", avalia o presidente.

Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.