CIDADE

ARROCHO: Empresários reclamam de cobrança exorbitante de alvarás pela Prefeitura de Iguatu

Os diretores da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Iguatu se reuniram na última sexta-feira (5), na sede da entidade, para deliberar sobre diversos assuntos de interesse do varejo.

Uma das pautas discutidas na reunião foram as dificuldades enfrentadas pelos empresários locais para a emissão do Alvará de Funcionamento, que só é emitido pelo município mediante apresentação do Certificado de Conformidade, emitido pelo Corpo de Bombeiros.

O presidente Dedé Duquesa relatou que agora as cobranças estão tornando a vida das empresas bem mais difícil e isso está inviabilizando os negócios porque sem alvarás, as empresas sequer podem participar de licitações.

Os empresários também relataram problemas para conseguir a emissão de Certidão Negativa de Débito. O maior entrave, segundo o relato apresentado na reunião, é a nova exigência do município, que para emitir o alvará, está pedindo também o Projeto Ambiental.

Dedé Duquesa citou o caso de uma pequena loja no centro da cidade, cujo valor para elaborar o projeto pode chegar a R$ 2 mil.

Durante o encontro os empresários decidiram pelo encaminhamento de um pedido de reunião com o prefeito do município, Ednaldo Lavor, para tratarem sobre o assunto.

(Fonte: Jornal A Praça)


Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.