INTERNACIONAIS

Ator de '007', Sir Roger Moore morre aos 89 anos na Suíça


O ator britânico Roger Moore morreu na Suíça nesta terça-feira (23), aos 89 anos, após lutar contra um câncer. Ele ficou conhecido por trazer humor e suavidade a seus personagens, especialmente a James Bond.

Seus filhos Deborah, Geoffrey e Christian informaram a morte pela conta do Twitter, segundo eles, aconteceu em decorrência de "uma breve e corajosa batalha contra câncer".

"É com o coração pesado que nós anunciados que nosso amado pai, Sir Roger Moore, morreu hoje na Suíça após uma curta, mas brava, batalha contra o câncer. O amor com que ele foi cercado em seus dias finais foi tão grande que não pode ser quantificado em apenas palavras", escreveram.

Roger Moore interpretou James Bond no cinema de 1973 a 1985. Ele protagonizou sete filmes sobre o espião: "Com 007 Viva e Deixe Morrer" (1973), "007 Contra o Homem com a Pistola de Ouro" (1974), "007 - O Espião que Me Amava" (1977), "007 Contra o Foguete da Morte" (1979), "007 - Somente para Seus Olhos" (1981), "007 Contra Octopussy" (1983) e "007 - Na Mira dos Assassinos" (1985).

Nascido em 1927, em Londres, Moore foi o primeiro James Bond da franquia oficial a morrer. O ator, que foi modelo nos anos 1950, ficou famoso com o papel de Simon Templar na série da TV britânica "O Santo", entre 1962 e 1969, e como Brett Sinclair, em "The Persuaders!" (1971-72), na qual contracenava com Tony Curtis.

Em 1973 foi a primeira vez que Moore interpretou o espião 007 e foi estrela da sequência durante 12 anos, sendo o ator que interpretou mais vezes James Bond.

Durante sua carreira, Moore foi embaixador da boa vontade da Unicef. Segundo carta de seus filhos, "ele considerava essa uma das suas maiores conquistas". Em 1999, ele foi condecorado como Cavaleiro do Império Britânico.

Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.