CIDADE

Aumento de impostos já chegou aos postos de combustíveis de Iguatu


Após a decisão do governo federal de aumentar as alíquotas dos PIS/Cofins incidentes sobre a gasolina, o diesel e o etanol, alguns postos de combustíveis de Iguatu já reajustaram os preços dos produtos, mesmo ainda tendo estoques adquiridos sem a alta do imposto.

Em alguns casos, postos que vendiam o litro da gasolina por R$ 3,85 na noite de quinta-feira (20) reajustaram seus preços, passando a cobrar R$ 4,19 pela gasolina comum e R$ 4,27 para a gasolina aditivada.

O etanol também teve seu preço reajustado para R$ 3,49 e o diesel, R$ 3,49. 

Interessante observar, em Iguatu, não há diferenciação de preços entre um posto e outro. Ou seja, o consumidor não tem a opção de escolher em qual posto vai abastecer porque os preços são praticamente os mesmos em todos os estabelecimentos, salvo algumas exceções, onde a diferenciação termina ficando apenas em um centavo.

A informação clara e ostensiva dos preços cobrados em cada posto também não tem sido respeitada, conforme manda o Código de Defesa do Consumidor (CDC). As placas, que deveriam ficar expostas nas proximidades dos postos, com a tabela dos preços dos combustíveis, quando existem, estão totalmente desatualizadas ou danificadas. Quer dizer: falta fiscalização do Procon.

Donos de postos de combustíveis praticam um política de desrespeito ao consumidor ao não informarem
de forma clara e objetiva os preços dos seus produtos.

Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.